fbpx

Como vender casa em tempo recorde?

Partilhar artigo

Estamos num “período historicamente favorável” para quem quer pedir um crédito à habitação e, além disso, comprar casa é umas das primeiras prioridades dos portugueses. Mas como beneficiar destes dois pontos, conseguindo vender rápido um imóvel?

Na hora de anunciar o seu imóvel, há inúmeros fatores importantes que devem ser tidos em conta. Hoje falamos de alguns:

• Os documentos necessários
O primeiro passo para vender rapidamente uma casa é ter reunida toda a informação necessária para o processo. Pode parecer uma tarefa simples, mas o proprietário deve ter vários documentos, tanto pessoais como do imóvel em questão: cartão de cidadão e, no caso de o imóvel pertencer a uma empresa, a certidão de Registo Comercial e os documentos de identificação dos representantes da empresa; Certidão Permanente de Registo Predial, a Caderneta Predial, a Escritura, o Alvará de Licença de Utilização, as plantas (arrecadação, garagem, localização, anexos), o Certificado Energético e a Ficha Técnica da Habitação (só para imóveis posteriores a março de 2004).

• Certificado Energético
O Certificado Energético é um documento obrigatório em Portugal desde 2013, sendo determinante para a venda de um imóvel. O certificado é obrigatório a partir do momento em que o imóvel é colocado à venda ou para arrendar e é com este documento que se avalia o desempenho energético do local de consumo. A classe energética do certificado é determinada pela localização do imóvel, o ano de construção, se se trata de um prédio ou de uma moradia, o piso e a área, assim como a constituição das suas envolventes (paredes, coberturas, pavimentos e envidraçados). O mesmo está organizado por letras começando no A+ (muito eficiente) e terminando no F (pouco eficiente), sendo emitido por técnicos autorizados pela Agência para a Energia (ADENE).

• A importância dos detalhes
“A publicidade é a chave para qualquer negócio”. Isto porque é importante destacar e valorizar todas as características do imóvel. Na hora de destacar o imóvel nas várias plataformas, é importante ter especial atenção a detalhes como a orientação solar, distribuição de espaços, número de metros quadrados e a localização do imóvel. É fundamental ser objetivo e minucioso na descrição: quanto maior a transparência, menor será o tempo de venda.

• A técnica internacional do home staging
Criada na década de 70, é considerada uma das mais importantes ferramentas de marketing imobiliário. O home staging é o processo de valorização do imóvel, ou seja, criando um cenário de sonho dentro de quatro paredes, tornando o imóvel mais atrativo. Quanto mais apresentável e atrativa for a casa aos olhos do cliente, maior é a probabilidade de fechar negócio.

• Preço de mercado
Neste ponto, é muito importante ter um consultor ao seu lado para fazer um estudo de mercado e garantir assim, um preço de venda que esteja dentro do mercado envolvente.

Vender casa

3 Dicas Infalíveis para vender rápido

Hoje falamos de dicas para vender casa. Sou consultor imobiliário no Porto e posso-vos dizer que vender casa no Porto pode ser um desafio. Se